PIONEIROS EM ISOLAMENTOS TERMO-ACÚSTICOS DESDE 1975

Construção Sustentável

UMA NOVA ABORDAGEM GLOBAL PARA O SECTOR DA CONSTRUÇÃO

O padrão actual das práticas construtivas são orientadas pelas considerações económicas a curto prazo, enquanto que a construção sustentável se baseia em práticas que aumentam a qualidade e a eficácia a longo prazo a um custo suportável.
Em cada etapa do ciclo de vida do edifício, pode aumentar-se a qualidade de vida e o conforto, reduzindo, simultaneamente, o impacto no ambiente e aumentando a sustentabilidade económica do projecto.
A Construção Sustentável adaptada do conceito de desenvolvimento sustentável tem três objectivos: ambientais, sociais e económicos.

  • Ambiente: importa preservar o ambiente e valorizar os nossos recursos naturais.
  • Sociedade: os seres humanos devem ser capazes de satisfazer as suas necessidades de alimentos, energia, abrigo, protecção, trabalho, etc.
  • Economia: é necessário fomentar o desenvolvimento económico, e os países em vias de desenvolvimento devem ter a oportunidade de alcançar a mesma qualidade de vida e de crescimento que os países desenvolvidos.

Um edifício concebido e construído de uma forma sustentável reduz ao mínimo, ao longo do ciclo de vida completo do edifício, a utilização de energia, água, matérias-primas, solo, etc.
Durante o seu ciclo de vida, um edifício gera vários tipos de custos:

  • O custo directo, decorrente dos materiais e da construção, os gastos correntes de manutenção e reparação, o custo da demolição, etc.;
  • Os custos indirectos, relativos a factores ambientais – custos da poluição;
  • Os custos de utilização, como a água, o gás e a electricidade.

A redução dos custos a curto prazo nem sempre proporciona optimização de poupanças a longo prazo. Contudo, o investimento, em termos de eficiência energética, irá gerar uma poupança que se reflecte na recuperação do investimento inicial (tempo de recuperação) entre 5 e 15 anos e continuará a permitir poupar em cada ano enquanto o edifício se mantém em funcionamento.

Portanto, a construção de um edifício sustentável é um dos melhores investimentos que actualmente se pode fazer.

MÉTODO DE AVALIAÇÃO DOS EDIFÍCIOS

A avaliação dos edifícios e métodos construtivos pode ser muito complexa, devido à variedade dos desafios originados pela Construção Sustentável. Por isso, já existem ferramentas para ajudar a medir e avaliar os resultados obtidos por estes edifícios.

Actualmente, o interesse por uma construção mais “verde” está a crescer em todo o mundo. Existem vários excelentes métodos de avaliação ambiental bem documentados, como por exemplo: o LEED nos E.U.A., BREEAM no Reino Unido, HQE em França e CASBEE no Japão.

Com o desenvolvimento de diferentes métodos nacionais de avaliação, existe a necessidade clara de coerência e de consistência entre todos eles. Por isso, é essencial que as definições e os critérios de avaliação sejam comuns e que as medidas sejam baseadas em argumentos científicos úteis, claros e rigorosos.

Aguarda-se o trabalho de normalização europeia em curso (CEN TC 350-2) para definir as regras comuns que farão as classificações nacionais compatíveis e promoverão o reconhecimento mútuo dos diversos métodos de avaliação ambiental.

A Termolan tem por missão fabricar lã de rocha para isolamento térmico, acústico e de protecção ao fogo. O conhecimento de todo o processo que leva à transformação do basalto e calcário em lã mineral, associado à utilização de meios tecnológicos actuais, permite à Termolan fabricar um produto que responde às necessidades dos clientes.

Contactos Úteis

Morada
Avenida de Poldrães, nº10, 4795-006 Vila das Aves – Portugal
Telefone: (+351) 252 820 080
Fax: (+351) 252 820 089
Email: termolan@termolan.pt

Termolan - Isolamentos Termo-Acústicos, S.A. Copyright © 2016, por Pplware.com